Policiais apreendem arsenal escondido em caminhão na zona leste

Policiais apreendem arsenal escondido em caminhão na zona leste

A suspeita é de que as armas teriam sido usadas em ataques a dois carros-fortes no sul de Goiás, em que três vigilantes morreram

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

03 Dezembro 2014 | 08h55

SÃO PAULO - A Polícia Civil apreendeu um arsenal encontrado dentro de um compartimento secreto na carroceria de um caminhão na Avenida Assis Ribeiro, em Cangaíba, na zona leste da capital paulista, na tarde desta terça-feira, 2. Dois homens foram presos e os policiais suspeitam que as armas teriam sido usadas em ataques a dois carros-fortes no sul de Goiás, na segunda, 1º, em que três vigilantes morreram.

Segundo a Polícia Civil, as investigações permitiram interceptar o deslocamento do arsenal, possivelmente usado no crime. O material estava escondido em três caixotes e continha, ao todo, seis fuzis, um rifle antiaéreo calibre .50, uma pistola calibre 9 mm, explosivos, munições, coletes à prova de balas, uniformes táticos, máscaras, rádios comunicadores e uma quantia de R$ 710 mil.

Duas bombas equipadas com superímãs também foram encontradas com os criminosos. “Isso permite fixar o artefato na lataria de um carro-forte para deixar mais preciso o local da explosão”, afirmou o delegado Gilberto Salles, titular da Delegacia de Investigações sobre Roubo a Condomínio (4ª Patrimônio) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Dois homens, Rodolfo Teixeira, de 34 anos, e Jailson Barros de Almeida, de 40, foram presos. Eles conduziam um caminhão, modelo Ford Cargo, carregado de caixotes plásticos vazios, afirmam os policiais. Ao verificarem a carroceria do veículo, o compartimento secreto foi descoberto.

Mais conteúdo sobre:
Polícia CivilArsenalSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.