Polícia vai investigar morte de grávida na zona sul de SP

O que a polícia pretende descobrir é se Mônica Cristina da Silva foi jogada, caiu ou se se jogou do viaduto

Andressa Zanandrea, Jornal da Tarde

26 de junho de 2008 | 12h01

O corpo de uma mulher de 20 anos foi encontrado, por volta das 2h30 desta quinta-feira, 26, na faixa da direita da pista sentido Imigrantes-Marginal da Avenida dos Bandeirantes, embaixo do viaduto Jabaquara, na região do Planalto Paulista, zona sul da capital. A moça foi identificada como Mônica Cristina da Silva. Ela estaria grávida de 7 meses. A polícia investiga se ela foi jogada, se caiu ou se se jogou do viaduto.  Segundo testemunhas que pediram para não serem identificadas, Mônica moraria embaixo do viaduto com um companheiro. Ela teria dois filhos, que moram com a mãe dela em Diadema, no ABC Paulista, com quem não teria contato. Horas antes do crime, a moça teria discutido com um rapaz em uma padaria na região. O caso foi registrado no 27º Distrito Policial, do Campo Belo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.