Polícia recupera um dos 10 caminhões roubados do Magazine Luiza

Veículo com tablets e celulares foi abandonado em posto de gasolina de Santo Antônio do Jardim, no interior de São Paulo

Isabela Palhares - O Estado de S. Paulo

03 de maio de 2015 | 20h29

 Um dos dez caminhões de produtos roubados do centro dedistribuição do Magazine Luiza foi localizadoe recuperado na madrugada deste domingo, 3.O veículo foi abandonado em posto de gasolina em Santo Antônio do Jardim, nointerior de São Paulo. A carga roubada era de celulares e tablets.

O roubo aconteceu na madrugada deste sábado, 2, na Rodoviados Bandeirantes, em Louveira. Vinte homens armados e encapuzados renderam 80funcionários do centro de distribuição e roubaram dez caminhões de produtos, emmenos de três horas.

De acordo com o delegado Luís Carlos Duarte, titular daDelegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, a carga foi localizada poruma equipe da DIG de Campinas após a denúncia de um caminhão abandonado noposto de gasolina. Ninguém foi preso. “O caminhão abandonado foi roubado emSalto [no interior de São Paulo] no mês de abril”, disse Duarte.

A carga recuperada foi devolvida para a empresa, que ainda realiza o levantamento dos produtosroubados, segundo Duarte.

Ainda de acordo com o delegado, duas pessoas queparticiparam da ação já foram identificadas pormeio da análise de imagens das câmeras de segurança da empresa, queforam recuperadas. No entanto, até o início da noite deste domingo, nenhumsuspeito foi preso.

Ação semelhante. O delegado também afirmou trabalhar com ahipótese de que o crime tenha sido organizado pela mesma quadrilha que assaltoua fábrica da Samsung, na rodovia Dom Pedro I, em Campinas, em julho de 2014.“Uma parte dos envolvidos nesse roubo continua solta, e os dois crimes forammuito semelhantes por conta da ação minuciosa. É possível que as mesmas pessoasestejam envolvidas”, disse.

Em nota, a assessoria do Magazine Luiza informou que nenhumfuncionário foi ferido durante o assalto e que está colaborando com asinvestigações. 

Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaLouveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.