Polícia recupera parte de armamento roubado de empresa em SP

Agentes do Deic encontraram em uma praça em Osasco 16 espingardas e 11 revólveres abandonados em sacos plásticos

Ricardo Valota,

28 de setembro de 2012 | 07h42

SÃO PAULO - Policiais civis encontraram em uma praça em Osasco, na Grande São Paulo, parte do armamento roubado de uma empresa de segurança da capital no domingo, 23. Na tarde desta quinta-feira, agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic)acharam 16 espingardas e 11 revólveres roubados da Quality Inteligência.

No roubo, foram levados 44 revólveres calibre 38, 17 espingardas calibre 12, além de 15 coletes à prova de balas, cinco radiotransmissores e 543 cartuchos de munições.

As armas foram abandonadas dentro de sacos plásticos. "Nos últimos dois dias, verificamos dezenas de locais. Ficou difícil para os envolvidos continuarem armazenando os armamentos", disse o delegado Márcio Martins Mathias, titular da 6ª Delegacia do Patrimônio, do Deic.

Infiltrado. Segundo a polícia, o vigilante Carlos de Oliveira Magalhães, funcionário da empresa assaltada, participou do crime. No domingo, ele disse que foi feito refém pelos criminosos, que o teriam dominado a caminho do local de trabalho. Ao chegar na empresa, Magalhães pediu a um colega que abrisse o portão, pois era refém dos assaltantes.

Carlos foi indiciado. A polícia busca agora outros dois envolvidos no assalto, identificados como Douglas Maia da Silva e Eudes Cristiano do Amaral.

Mais conteúdo sobre:
roubo de armas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.