Polícia recupera no Rio tela de Portinari que havia sido furtada em Pernambuco

ROUBO DO MAC

, O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2010 | 00h00

O quadro de Candido Portinari furtado no mês passado do Museu de Arte Contemporânea (MAC), em Olinda, em Pernambuco, foi localizado e apreendido ontem, no Rio. Leonardo Jorge da Silva, de 25 anos, foi preso em flagrante em Copacabana enquanto, segundo a polícia, tentava negociar a tela, Enterro, por US$ 200 mil. Ele também estaria com gravuras que seriam do acervo da Universidade Federal Fluminense (UFF).

As Polícias Federal e Civis fluminense e pernambucana ainda investigam se o rapaz fez parte do roubo. O furto foi percebido no dia 14 de julho. A obra, de 1958, é avaliada em R$ 1,5 milhão e faz parte da série azul de Portinari, integrada por outras quatro telas, todas do acervo do museu e exibidas no mesmo andar.

O MAC de Olinda não tem alarme ou circuito interno de vídeo. A segurança do prédio, construído no século 17 é feita por dois vigilantes. O único controle de quem entra no local durante o horário de visitação é uma lista, elaborada sem a conferência de identidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.