Polícia recupera carga roubada de mais de R$ 1,1 milhão

Medicamentos, eletrodomésticos e outras mercadorias foram encontradas em fazenda de Campinas

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br

25 de abril de 2008 | 14h32

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) recuperaram na noite de quarta-feira uma carga contendo medicamentos e energéticos avaliada em R$ 1.140.000,00, no município de Campinas, no interior de São Paulo. Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Segurança Pública, na ação, dois homens acabaram sendo presos por receptação. A delegada da DIG, Joceli Pereira Galli, informou que as investigações começaram em 8 de abril, após um assalto a uma empresa de energéticos em Indaiatuba. Na ocasião, três caminhões cheios de produtos foram roubados. Dez dias depois, oito homens assaltaram o galpão de uma transportadora na Vila Nova Aparecida, em Campinas. Depois de render 16 pessoas, o grupo roubou dois caminhões e um carro carregado de medicamentos, roupas, calçados e eletrodomésticos. Após o roubo, os três veículos foram abandonados. A polícia descobriu que parte da mercadoria estava em um sítio, no bairro Jardim São Domingos, em Campinas. Segundo os policiais, o caseiro do local, A.S., de 33 anos, confessou ter recebido e armazenado a carga. No imóvel, foram encontradas 686 caixas de energético, 722 caixas de medicamentos, 28 de produtos veterinários, 54 caixas de produtos químicos, 64 caixas de sapato e 26 eletrodomésticos. Durante a ação, um Volkswagen Santana, com dois homens, e uma caminhonete com outras três pessoas entraram no sítio. Ao notarem a presença dos policiais, os desconhecidos tentaram fugir e atiraram. Ninguém ficou ferido. Os três ocupantes da caminhonete e um dos homens do Santana conseguiram escapar e abandonaram os veículos. C.N.R., de 32 anos, no entanto, foi preso. Com ele, foram apreendidas duas pistolas calibre 45. Ele e o caseiro foram presos por receptação de carga e formação de quadrilha e encaminhados para o 2º Distrito Policial de Campinas.

Tudo o que sabemos sobre:
CargaApreensãoCampinasDIG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.