Polícia reconstitui tiroteio que matou passageiro em Guarulhos

Tiroteio começou depois que um guarda civil que estava na parte de trás do ônibus reagiu a um assalto

Fabiana Marchezi, Central de Notícias,

21 de setembro de 2009 | 12h09

A reconstituição do tiroteio que provocou a morte de um passageiro em um ônibus em Guarulhos começou às 9h30 desta segunda-feira, 21. Policiais civis reconstituem o tiroteio que deixou um morto e dois feridos na Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos. O tiroteio aconteceu na terça-feira, dia 15.

 

O tiroteio começou depois que um guarda civil que estava na parte de trás do ônibus reagiu a um assalto. Dois passageiros e um suspeito foram baleados. Um dos passageiros faleceu no Hospital Geral de Guarulhos (HGG). Os outros dois criminosos fugiram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.