Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Polícia reconstitui morte do funkeiro MC Daleste

Cantor de 20 anos foi assassinado durante apresentação na periferia de Campinas

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

18 Julho 2013 | 11h18

CAMPINAS - O Instituto de Criminalística (IC) de Campinas reconstitui na manhã desta quinta-feira (18) a morte do funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste. O cantor foi assassinado durante um show no bairro San Martin, periferia de Campinas, na noite do dia 6 deste mês.

Acompanhados pelo delegado da Homicídios, Rui Pegolo, uma equipe do IC faz uma reconstituição simulada da morte. Um desenhista também monta croquis da cena do crime.

MC Daleste foi atingido por um tiro que transfixou seu abdome e outro que pegou de raspão na axila direita. A polícia ainda não sabe o motivo e o autor dos disparos.

 

Mais conteúdo sobre:
FunkeiroMorteDaleste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.