Google Street View
Google Street View

Polícia prende 25 por roubo de carga em trens no interior de SP

Operação 'Trem bala' mira quadrilha que atacava ao longo da malha ferroviária

Rene Moreira, especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2017 | 10h13

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 7, uma quadrilha acusada de atacar trens de carga no interior de São Paulo. Até o início da tarde, 25 pessoas já haviam sido presas. 

A operação "Trem bala" busca cumprir 30 mandados de prisão e 28 de busca e apreensão em cidades como Cordeirópolis (SP) - sede da investigação - Limeira (SP), Santa Gertrudes (SP), Rio Claro (SP) e Pradópolis (SP).

Segundo a investigação,  quadrilha agia de várias formas, entre elas saltando de pontes sobre os vagões com o objetivo de abrir o compartimento superior para retirar a carga. Também colocavam pedras nos trilhos para descarrilar o trem e facilitar o crime.

Estrutura. Durante a ação da polícia foram encontrados munição, sacos para embalar a mercadoria roubada e veículos, como um trator e um caminhão, usados no transporte. Em um dos ataques, a uma carga de carne que seria exportada, o prejuízo foi de R$ 1 milhão.

A quadrilha era investigada há oito meses e seria formada por comerciantes, produtores rurais, entre outros. Todo o material apreendido, assim como os presos, estão sendo levados para a delegacia de Cordeirópolis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.