Polícia procura suspeitos de matar capitão da PM em Guarulhos

Policial estava em bar quando três homens entraram no local anunciando o assalto; ele foi baleado no rosto após brigar com os assaltantes

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

12 Maio 2014 | 13h56

A polícia busca um trio de assaltantes que, segundo testemunhas, teria matado no sábado,10, o capitão da PM Marcos Ferreira Mata, de 45 anos, em um bar em Guarulhos, na Grande São Paulo. O caso foi registrado como homicídio pela PM, mas passou a ser tratado como latrocínio (roubo seguido de morte).

O policial estava em um bar no Jardim Pimenta, em Guaru lhos,  quando três homens se aproximaram da sua mesa. Dois deles chegaram perto da vítima e um terceiro, de um colega do capitão. Essa testemunha contou para a polícia que os três anunciaram o assalto, mas Mata reagiu.

"Assalto! Perdeu, perdeu", teriam dito os assaltantes. O capitão lutou contra eles, mas caiu no chão.  Seu revólver foi pego no chão por um dos criminosos e ele foi atingido com disparos no rosto - pelo relato do amigo, foram dois tiros.

O polícia foi levado ao hospital,  mas já estava morto ao chegar. O caso está no 4º Distrito Policial de Guarulhos.  Os três homens ainda não foram identificados de acordo com a polícia.

Mais conteúdo sobre:
PM violência Guarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.