Polícia prende suspeitos de participação em sequestro de vereador na Grande SP

Vítima, de Francisco Morato, conseguiu fugir do cativeiro dois dias após sequestro

Priscila Trindade, estadão.com.br

30 de junho de 2011 | 11h38

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu na noite de quarta-feira, 29, quatro suspeitos de participar do sequestro do vereador Ordário de Souza Martins (PPS), o Darinho, de 44 anos, em Francisco Morato, na Grande São Paulo.

 

Ele foi sequestrado em 16 de junho e dois dias depois conseguiu fugir do cativeiro. Na fuga, a vítima machucou uma das pernas e teve escoriações pelo corpo após pular de um barranco. Darinho foi levado para o Hospital Estadual Professor Carlos da Silva Lacaz, onde foi medicado.

 

A polícia disse que foi até o cativeiro, no bairro Recanto Feliz, mas o local estava vazio. Equipes realizaram buscas na região na tentativa de localizar os suspeitos do crime.

 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), os presos devem responder por sequestro, porte ilegal de arma e associação ao tráfico de drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.