Polícia prende suspeito de tráfico sexual de travestis

Detido também teria assassinado uma pessoa em 2009; explorados vinham de Belém-PA para SP

Marília Lopes, Central de Notícias

01 de abril de 2011 | 12h09

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu ontem, 31, um suspeito de assassinar um travesti em 2009, em São Paulo. O homem foi preso na casa da avó em São Vicente, no litoral de São Paulo. Ele também é suspeito de comandar um esquema de tráfico sexual de travestis, descoberto pela polícia em fevereiro.

 

A investigação e a prisão foram realizadas por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que o suspeito aliciava rapazes em Belém, no Pará, e os trazia para São Paulo. Os travestis viviam em uma pensão na Avenida Cruzeiro do Sul, região central da capital.

 

O esquema foi descoberto em 2 de fevereiro, quando investigadores do DHPP procuravam um garoto de 17 anos que havia desaparecido da casa dos pais em Belém, em 27 de dezembro do ano passado. Na ocasião, foram encontrados cerca de 70 travestis, a maioria deles do Pará, que viviam em situações precárias em duas pensões no centro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.