DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Polícia prende suspeito de matar tenente na zona norte de SP

Homem, de 20 anos, confessou o crime na presença do pai; comparsa está sendo procurado

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

07 Fevereiro 2016 | 16h40

SÃO PAULO - Policiais da Assistência Operacional da Seccional Norte (AOP) e do  Serviço Reservado da Polícia Militar prenderam um suspeito de participar do assassinato do tentente Hugo Manfrin Silvério, morto na noite de sexta-feira, 5, durante um assalto no bairro do Limão, na zona norte da capital.

 

Jordy Moura dos Santos, de 20 anos, foi encontrado na noite de sábado, 6, na bairro Elisa Maria, próximo ao local do crime. Uma testemunha ajudou os policiais e reconheceu o suspeito, que foi autuado em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte ), porque as diligências para localizar os criminosos não pararam depois da morte do policial.

 

O rapaz foi levado até a AOP e, segundo os investigadores, confessou o crime na presença do pai, mas acusou o comparsa - que está foragido - de ter atirado. A AOP é um novo setor da 4ª Delegacia Seccional dedicada a investigar latrocínios, tráfico de drogas e incêndios a coletivos.

 

Silvério foi rendido por dois bandidos quando parou em frente a casa da sua avó. Os criminosos colocaram o PM no carro e saíram para fazer saques em caixas eletrônicos, mas segundo as investigações, descobriram a identidade do tenente durante o percurso e decidiram matá-lo. Eles pararam o veículo na rua Gervásio Leite Rebelo, deram um tiro na cabeça do PM e fugiram a pé. Segundo a polícia, o suspeito preso dirigiu o carro. O comparsa foi identificado e está sendo procurado.

Mais conteúdo sobre:
tenente limão policial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.