Polícia prende suspeito de matar menina de 8 anos em Cidade Tiradentes

Carro de porteiro de 34 anos foi visto na cena do crime. Dentro do veículo, havia manchas de sangue e uma calcinha de criança. Identidade de acusado não foi revelada

17 Maio 2013 | 12h46

Atualizado às 15h02

SÃO PAULO - A polícia prendeu um suspeito de abusar sexualmente e matar uma menina de 8 anos em Cidade Tiradentes, zona lesta da capital. O corpo de Angélica Barbosa Romasco foi encontrado na noite dessa quarta-feira, 15, em um terreno baldio do bairro. A vítima tinha perfurações, hematomas por todo o corpo e sinais de violência sexual.

Uma testemunha contou à polícia que viu um Chevrolet Monza prata próximo ao local onde o corpo foi descoberto. Os investigadores encontraram o carro na garagem de um porteiro de 34 anos, vizinho da família da menina. O banco do veículo tinha manchas de sangue. Dentro dele, foi achada uma calcinha infantil, que seria da vítima, e um rolo de barbante que teria sido utilizado para cometer o crime. 

O suspeito, que vive no mesmo bairro da vítima, passou a tarde prestando depoimento. A identidade dele não foi revelada. Ele não era visto desde o dia do crime. Na madrugada desta sexta-feira, 17, um vizinho do porteiro prestou depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia não informou o que o homem relatou.

Mais conteúdo sobre:
estupro crime zona leste menina desaparecida

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.