Polícia prende suspeita de integrar 'Gangue das Loiras' por sequestros

Quadrilha agia na Grande São Paulo, capital e também no Rio; três vítimas reconheceram mulher

Estadão.com.br,

19 Março 2012 | 22h25

SÃO PAULO - Uma mulher de 25 anos foi presa suspeita de integrar uma quadrilha de sequestro relâmpago conhecida como "Gangue das Loiras", que agia na capital paulista, na região metropolitana, e no Rio. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, ela foi detida em Curitiba na última sexta-feira, 9, mas a informação foi divulgada apenas nesta segunda-feira, 19.

Os agentes da 3ª Delegacia antissequestro do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) tiveram apoio de policiais paranaenses para cercar o apartamento onde a suspeita foi detida. Segundo a SSP, foram dois meses de investigação para chegar à mulher.

Já em São Paulo, a jovem teria confessado aos policiais o envolvimento na quadrilha, que é composta por mais um homem e quatro mulheres - sendo apenas uma morena -, de acordo com o DHPP. Uma delas ainda não foi identificada.

Conforme a SSP, a quadrilha atacava principalmente mulheres e idosas, normalmente surpreendidas em shoppings e estacionamentos. As integrantes da "Gangue das Loiras" normalmente estavam bem vestidas, aparentando ser de classe média alta. De acordo com a secretaria, três vítimas reconheceram a suspeita detida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.