Polícia prende quadrilha que matou homem na frente do filho

O crime ocorreu em março, e os três acusados foram encontrados depois de informações recebidas pelo Disque Denúncia

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

03 Maio 2017 | 23h22

SÃO PAULO - Policiais militares prenderam, na madrugada desta quarta-feira, 3, três pessoas que confessaram ter matado um homem, de 32 anos, após tentar roubar o carro dele em março deste ano. No momento, a vítima estava indo levar o filho de 2 anos para a creche. 

Seguindo informações que receberam por meio do Disque Denúncia, os agentes foram até a Rua Cachoeira das Setes Ilhas, zona leste da capital paulista, onde encontraram um dos acusados que, de imediato, confessou o crime, ocorrido em 31 de março.

De acordo com a polícia, três pessoas tentaram roubar o carro de um homem que estava saindo de casa com o filho no banco de trás para levá-lo à creche. Para tentar proteger a criança, ele acelerou o veículo e tentou fugir, mas foi atingido por dois tiros. Mesmo ferido, ele seguiu pela rua, bateu no portão de uma casa e morreu na hora. A criança sofreu apenas ferimentos leves. 

Os três assaltantes fugiram do local e só foram encontradas nesta quarta. Na residência de um deles, foram encontrados um revólver calibre 38 e cinco chaves de veículos roubados. Alguns dos carros foram localizados e devolvidos aos donos.

A ocorrência foi levada ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), onde compareceram as vítimas que tiveram os carros roubados, além de familiares e testemunhas do caso de latrocínio. Todos reconheceram os acusados como autores dos crimes.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Roubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.