Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Polícia prende quadrilha acusada de roubar caixas eletrônicos na USP

Operação nesta terça-feira deteve três suspeitos e cumpre ao todo 12 mandados; armas, celulares, notebooks e outros objetos foram apreendidos

Alexandre Hisayasu, O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2016 | 14h17

SÃO PAULO - A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta terça-feira, 16, três homens acusados de roubar caixas eletrônicos no câmpus Butantã da Universidade de São Paulo (USP), na zona oeste da capital paulista. Ao todo, a operação cumpre 12 mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão, em 20 endereços diferentes.

Um dos detidos foi preso em flagrante pelo porte de uma pistola calibre .380, com numeração raspada. Já em outro endereço, foi encontrado um revólver calibre .38, também com numeração raspada, e com farta munição.

Em um dos locais onde houve cumprimento de mandado de busca e apreensão, os policiais aprenderam R$ 3.750 em dinheiro - uma das cédulas tinha um carimbo da empresa de transportes de valores Protege. Em outra casa, a polícia achou um colete a prova de balas.

Celulares, notebooks e placas de um veículos também foram encontrados pela polícia.

A ação, coordenada pelo 93º Distrito Policial (Jaguaré), teve a participação de 150 policiais civis, com apoio de 60 viaturas, das quais 20 são do Grupo de Operações Especiais (GOE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.