Polícia prende parte de bando que fez ataques na zona sul

A Polícia Civil acredita ter prendido parte de uma quadrilha responsável por pelo menos três assaltos a caixas eletrônicos na zona sul da capital em abril, que terminaram em tiroteios e mortes. Em um dos casos, em 15 de abril, um menino de 7 anos foi morto com tiro de fuzil.

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

25 Maio 2011 | 00h00

A mãe do garoto reconheceu ontem Márcio Gledson Agra da Silva, de 34 anos, como um dos integrantes do grupo que roubou um supermercado na Rua Antonio Lopes de Medeiros, no Grajaú. A polícia pretende ouvir mais testemunhas do crime para tentar identificar outros suspeitos.

Márcio foi preso na quinta-feira no Jardim São Luís, também na zona sul, com Luiz Alexandre Zaneti, de 37 anos. Os dois haviam sido identificados por 15 testemunhas.

Um terceiro suspeito, Wellington Agra da Silva, irmão de Márcio, teve a prisão decretada pela Justiça, mas não foi localizado. Todos têm passagens por roubo.

Com os suspeitos, foram apreendidos segundo a polícia três revólveres, três pistolas semiautomáticas, uma escopeta, munição de diversos calibres e ferramentas utilizadas para arrombar os caixas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.