Polícia prende na Mooca um dos acusados de roubar apartamento em prédio de Lula

Policiais civis prenderam na madrugada de ontem, na Mooca, zona leste da capital, o ajudante Maurício Pereira da Luz, de 27 anos. Ele é acusado de ser um dos quatro assaltantes que invadiram o prédio onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e roubaram um morador. O crime aconteceu em novembro do ano passado. O suspeito foi detido por investigadores da região enquanto caminhava na rua. Três criminosos ainda estão soltos.

, O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2011 | 00h00

A vítima do roubo ao apartamento, um funcionário do setor de finanças da Secretaria Municipal de Esportes da prefeitura de São Bernardo, esteve na delegacia e reconheceu Luz como o autor do crime. Os criminosos levaram R$ 8 mil do apartamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.