Polícia prende mais um suspeito de assaltar a joalheria Tiffany em SP

Segundo a PM, ele confessou a participação no roubo de cerca de R$ 1,5 milhão em joias

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

03 de julho de 2010 | 17h37

SÃO PAULO - Foi preso na tarde deste sábado, 3, o sexto suspeito de ter participado do assalto à joalheria Tiffany do Shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo.

 

O homem foi abordado na porta de sua casa por volta das 15 horas na Rua João Velho do Rego, em São Mateus, na zona leste da cidade, após a polícia receber uma denúncia anônima. Ele tentou fugir, mas foi detido em seguida.

 

Segundo a Polícia Militar, ele confessou a participação no assalto à joalheria, no dia 16 de maio deste ano. O grupo roubou cerca de R$ 1,5 milhão em joias.

 

Ele é o homem que aparece encostado em uma parede do shopping, segurando uma metralhadora nas imagens do circuito de segurança do shopping. O preso foi encaminhado para o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) que acompanha o caso.

 

Na última quinta-feira, 1, a polícia prendeu Anderson José da Silva, de 30 anos, apontado como o motoboy integrante da quadrilha. No momento da abordagem, ele apresentou um documento de identidade falso. Antes de Anderson, a polícia já havia prendido outros quatro homens envolvidos no roubo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.