Polícia prende mais um suposto envolvido na confusão do carnaval

Integrante da Gaviões da Fiel que teria ateado fogo a carro-alegórico foi encontrado em Itapevi

Marcelo Godoy / William Cardoso, O Estado de S. Paulo

07 Março 2012 | 10h50

SÃO PAULO - Edney Moraes Sarmento, integrante da Gaviões da Fiel, foi preso hoje às 10h35 em Itapevi, na Grande São Paulo. Sarmento estava escondido desde a confusão na apuracão dos desfiles das escolas de samba de São Paulo, quando um tumulto acabou com notas rasgadas, atos de vandalismo na Marginal do Tietê e carros-alegóricos incendiados.

O membro da Gaviões é um dos dois homens acusados pela polícia de ter ateado fogo no carro da Pérola Negra, destruído pelas chamas. De acordo com o delegado Osvaldo Nico, o carro foi alvo do fogo por um engano: “A alegoria era verde, e ele pensou que o carro era da Mancha (Verde)”. A escola é ligada à torcida do Palmeiras, maior rival do Corinthians, clube para qual torce a Gaviões da Fiel.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.