Polícia prende 2 por roubar joalheria do Morumbi Shopping

Os policiais do Deic prenderam ontem, depois de 16 dias de investigações, dois acusados de assaltar a joalheria Dryzun, no MorumbiShopping. A apuração do caso continuava ontem à noite, pois os homens do Deic esperavam apreender as joias levadas pelos criminosos e prender outros acusados do caso. Testemunhas do crime relataram que pelo menos seis homens participaram do assalto.

Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo

24 Fevereiro 2011 | 00h00

A joalheria, que fica no piso térreo, foi invadida pelos bandidos por volta das 13h30. Os criminosos usavam roupas sociais e fingiram ser clientes, antes de sacar suas armas e anunciar o roubo. Com uma marreta, quebraram a vitrine da joalheria e apanharam joias do mostruário.

Quando deixaram a loja, os bandidos fizeram um segurança e um cliente reféns e saíram atirando para abrir caminho. Uma vitrine e uma escada rolante foram atingidas pelos disparos. Na saída do prédio do shopping, os criminosos atiraram de novo em direção a clientes e a fumantes nas imediações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.