Polícia prende 169 pessoas e localiza arsenal no interior de SP

Foram apreendidos também 2.532 CDs, 3.858 DVDs e 240 outros objetos pirateados, além drogas e armas de fogo

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

12 Fevereiro 2010 | 13h47

Cerca de 170 pessoas foram detidas nesta quinta-feira, 11, durante ação do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter) 9, em Piracicaba, no interior de São Paulo.

 

A operação tinha como objetivo o de combater a criminalidade na região. Com um efetivo de 431 policiais em 146 viaturas, a ação conseguiu prender 169 pessoas, apreendeu 15 armas de fogo e 4,4 quilos de drogas.

 

A ação cumpriu 158 mandados de busca e apreensão, sendo que 57 pessoas foram presas através de mandados criminais e 46 por mandados administrativos. Ainda por mandado, oito menores foram apreendidos.

 

Já nos flagrantes, seis menores foram pegos e 66 adultos presos. Foram elaborados 44 autos de prisão em flagrante. No total, foram elaborados 165 documentos, entre boletins de ocorrência e termos circunstanciados.

 

Os policiais apreenderam também 2.532 CDs, 3.858 DVDs e 240 outros objetos pirateados. No total, foram apreendidos 4,4 quilos de drogas -2,5 quilos de maconha; 900 gramas de cocaína; 894 gramas de crack; e 156 gramas de outros entorpecentes, 15 armas de fogo, 33 máquinas caça-níqueis e 39 veículos irregulares.

 

Arsenal

 

Dois homens foram presos em um sítio, no bairro de Nazarios, onde foi encontrado um arsenal de armas e munições. Entre os presos está o aposentado G.F., de 80 anos. Dentro do local foram encontradas quatro espingardas - duas calibre 20 e duas calibre 36 - e 176 cartuchos de calibres 22, 28, 32 e 36, além de três tarrafas e duas armadilhas de metal.

 

Em seguida, os policiais foram à outra casa no mesmo sítio, e encontraram mais armas e munições. O lavrador E.F., 37 anos, filho do primeiro indiciado, também foi preso. Na segunda casa, os policiais encontraram três garruchas - duas calibre 22 e uma 28 - e 150 cartuchos calibres 20, 22, 32 e 36, além de quatro armadilhas de caça e três tarrafas.

Mais conteúdo sobre:
Deinter Piracicaba prisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.