Divulgação/Deic
Divulgação/Deic

Polícia prende 14 de quadrilha especializada em roubo em SP

Entre os presos está uma idosa de 65 anos responsável por monitorar a chegada da polícia

estadão.com.br, texto atualizado às 14h13

08 Abril 2012 | 12h26

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu 14 integrantes de uma das principais quadrilhas especializadas em roubos, principalmente a bancos, a caixas eletrônicos e arrastões, na madrugada deste domingo, 8, em São Paulo. Entre os presos está uma idosa, de 65 anos. Entre os presos está uma idosa, de 65 anos. Ainda não ficou comprova a participação da mulher no bando.

As prisões ocorreram em um imóvel no Ipiranga, na zona sul, e em São Bernardo do Campo, no Grande ABC. O bando, que começou a ser investigado no início do ano, foi flagrado enquanto se preparava para atacar um condomínio na Chácara Klabin, na zona sul da capital.

No Ipiranga foram detidas 12 pessoas, entre elas a idosa. Outros dois homens chegavam ao local para a reunião e perceberam o cerco policial. Eles fugiram em direção a São Bernardo do Campo. Um dos dois helicópteros da polícia usados na ação passou a acompanhar a fuga e orientar as equipes no solo. A dupla foi abordada na Rua Doutor José Fornari, Ferrazópolis, em São Bernardo do Campo. Houve troca de tiros entre os bandidos e as equipes e os suspeitos foram feridos. Eles foram socorridos e não correm risco de vida.

No total foram apreendidos com a quadrilha um fuzil, duas metralhadoras, três pistolas, dois coletes balísticos, uma granada, tocas ninjas, cinco pares de algemas, camisetas e distintivos similares aos da Polícia Civil, munições, ferramentas para arrombamentos, entre outros itens. Os policiais também apreenderam 11 veículos, sendo que um deles estava caracterizado para pareceu uma viatura.

Mais conteúdo sobre:
arrastão quadrilha roubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.