Polícia prende 133 em operação no litoral e Vale do Ribeira

Esquema faz parte da Operação Verão da Secretaria de Segurança; materiais piratas foram apreendidos

Rejane Lima e Elvis Pereira, O Estado de S.Paulo e estadao.com.br

16 Janeiro 2009 | 20h49

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira, 16, 133 pessoas na Baixada Santista e no Vale do Ribeira em uma operação especial realizada em todo o Deinter 6. Entre os detidos, 89 estavam com mandado de prisão em aberto. Foram apreendidos 150 veículos em situação irregular e recolhidos cerca de 18 mil CDs e DVDs piratas, a maioria deles em Praia Grande.   O delegado chefe do Deinter, Waldomiro Bueno Filho, destacou a prisão de um homem de 38 anos na zona noroeste de Santos. O criminoso foi condenado a 27 anos de reclusão por estupro.   Segundo Bueno Filho, o objetivo da operação que reuniu 475 policiais foi contribuir com a diminuição dos furtos e roubos na região. Ele afirma que deverão ser realizadas mais cinco ações como essa até o final de fevereiro, quando termina a Operação Verão da Secretaria de Segurança Pública no litoral paulista. "Só nessas operações nós prendemos 900 pessoas em 2007 e 1.100 no ano passado", completou o delegado.   Balanço   Já a Polícia Militar (PM) divulgou o balanço dos primeiros 20 dias da Operação Verão, cujo objetivo é reforçar a segurança no litoral paulista. Entre 23 de dezembro e 11 de janeiro, houve 304 prisões em flagrantes e a apreensão de 60 armas de fogo e 14,6 quilos de drogas, entre maconha, cocaína e crack e outros entorpecentes.   Dos 815 motoristas submetidos ao teste do bafômetro, 64 acabaram autuados por dirigirem com o nível de álcool no sangue além do permitido. O Corpo de Bombeiros contabilizou 1.107 resgates e 568 salvamentos. A Operação Verão se estenderá até o próximo dia 2. As informações são da Secretaria de Segurança Pública.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.