Polícia pode ter encontrado corpos de jovens desaparecidas em Mogi das Cruzes

Adolescentes estavam desaparecidas desde 12 de janeiro; mãe de uma delas havia sido informada por um desconhecido que meninas haviam sido mortas por traficantes

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

17 Março 2011 | 03h54

SÃO PAULO - A Polícia Civil de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, acredita ter localizado, na tarde de quarta-feira, 16, em um terreno baldio, ao lado de uma escola, na Estrada Koeji Adashi, no bairro Adashi, região rural da cidade, os corpos de Arielem de Paula Barbosa Marciano, de 20 anos, Ellen Ingrid Brito de Souza, 15, e Meirylane Rosa Franco, 22, todas moradoras do Jardim Universo, também em Mogi.

 

As três, segundo familiares, estão desaparecidas desde o dia 12 de janeiro. Um homem que limpava o terreno foi alertado por um de seus cães, que ficou agitado e se aproximou do local. Os corpos estavam enterrados e já em estado de decomposição. A mãe de uma das jovens disse à polícia que, dois dias após o sumiço da filha, foi informada por um desconhecido que as três colegas haviam sido mortas por traficantes, que temiam ser denunciados.

 

Na noite de quarta-feira, a mãe de Arielem reconheceu a filha através de uma tatuagem num dos braços dela com o nome da neta, Júlia, de 1 ano. Segundo o delegado Thales Magno Monteiro Filho, a polícia agora depende dos testes de DNA para poder afirmar se, de fato, os corpos são mesmo das três jovens desaparecidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.