Polícia pede prisão preventiva de suspeito de matar freira

Homem invadiu centro para dependentes químicos para pedir dinheiro e deu oito facadas em religiosa

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

25 Julho 2015 | 11h40

SOROCABA - A Polícia Civil pediu a prisão preventiva de um homem de 52 anos, suspeito de ter matado a facadas a freira Odete Franciscana, de 65 anos, na sexta-feira, 24, na Fazenda Esperança, centro de reabilitação para dependentes químicos em Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. A unidade ficou conhecida por ter recebido a visita do papa Bento XVI em 2007.

A irmã Odete e outra freira foram dominadas por um homem encapuzado que pedia dinheiro. Odete tentou ligar para a polícia e recebeu oito facadas. O homem foi preso numa casa das proximidades. Ele nega o crime.

Segundo a polícia, o suspeito foi reconhecido pela vítima sobrevivente por meio das características físicas. O homem é ex-interno da Fazenda e já furtou a instituição outras três vezes. Ele tem passagens por homicídio, também a facadas, e estupros.


Mais conteúdo sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.