Polícia ouve último depoimento sobre morte de adolescente no Hopi Hari

Depois de depoente, cuja identidade não foi divulgada, Ministério Público deve finalizar inquérito que apura causas da queda de Gabriella Nichimura, de 14 anos, de brinquedo do parque

Ricardo Brandt, especial para O Estado

07 Abril 2012 | 14h14

CAMPINAS - O Ministério Público Estadual e a Polícia Civil ouvem na segunda-feira, 9, o último depoimento no inquérito que apura a morte da adolescente Gabriella Nichimura, de 14 anos, após cair do brinquedo La Tour Eiffel, no parque Hopi Hari, em Vinhedo (SP), no dia 24 de fevereiro.

 

Com a última pessoa ouvida no caso, o promotor de Justiça Rogério Sanches vai aguardar o laudo do Instituto de Criminalística, que deve ser entregue também nesta semana, para denunciar os supostos responsáveis pela tragédia por homicídio culposo (sem intenção de matar).

 

"Já tenho elementos para dizer o que aconteceu no parque, isso está muito claro, e tenho uma ideia sobre quem são os responsáveis", afirmou o promotor. Ele disse que ainda não tem como adiantar quem serão os denunciados para a Justiça.

 

A cadeira usada pela jovem estava com a trava desativada, o que a fez cair de uma altura de aproximadamente 20 metros. Os cinco funcionários do Hopi Hari que trabalhavam no brinquedo quando houve o acidente admitiram à polícia saber do problema e disseram ter alertado os superiores. Mas entraram em contradição ao relatar o que cada um fazia na hora da tragédia. O vice-presidente do parque, Claudio Guimarães, afirmou que um conjunto de falhas causou o acidente.

 

O nome do depoente desta segunda-feira não foi divulgado. Com o recebimento do laudo do IC e o fim das oitivas, o promotor fará sua denúncia com base nos pelo menos seis volumes do inquérito conduzido pelo delegado Álvaro Santucci Noventa Júnior e pela promotora Ana Beatriz Vieira.

 

Mais conteúdo sobre:
hopi hari Gabriella Nichimura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.