Polícia não paga conta e delegacias ficam sem luz

BAHIA

, O Estado de S.Paulo

25 Março 2011 | 00h00

Enquanto planeja o início da instalação das Bases Comunitárias de Segurança - versão baiana das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) cariocas - em Salvador, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia apresenta dificuldades na administração das delegacias do interior. Em dois dias, pelo menos quatro - duas na segunda maior cidade baiana, Feira de Santana - tiveram a energia elétrica cortada por falta de pagamento à Companhia de Eletricidade do Estado. Procurado, o governo preferiu não comentar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.