Polícia Militar cumpre duas reintegrações de posse nesta quarta

A desocupação dos edifícios bloqueia a Rua 24 de Maio, no centro, e a Avenida Celso Garcia, na zona leste, desde o início da manhã

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

04 Dezembro 2014 | 08h44

SÃO PAULO - A Polícia Militar cumpre duas reintegrações de posse em prédios ocupados da capital paulista nesta quarta-feira, 4. Por causa da desocupação dos imóveis, a Rua 24 de Maio, na região central, e a Avenida Celso Garcia, na zona leste, estão bloqueadas desde início desta manhã.

No centro, o prédio, que fica entre a Praça da República e o Theatro Municipal, estava ocupado por cerca de 97 famílias, quase 400 pessoas ao todo, segundo informa a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Os moradores fazem parte do Movimento de Luta por Moradia no Centro (MLMC) e da Frente de Luta por Moradia (FLM).

A partir das 6h, a Rua 24 de Maio foi interditada nos dois sentidos, na altura do número 230, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Até o momento, a reintegração segue pacífica, afirma a Polícia Militar.

Já a Avenida Celso Garcia, na zona leste, tem a faixa direita bloqueada no sentido bairro desde as 5 horas, segundo informações da CET. De acordo com a SSP, no edifício de seis andares, localizado na região do Belém, moravam cerca de 600 pessoas. O grupo é ligado ao Movimento de Luta Social por Moradia (MLSM). A reintegração também segue pacífica.

 

Mais conteúdo sobre:
Reintegração de Posse São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.