Reuters
Reuters

Polícia Militar confirma 30 prisões durante operação no Pinheirinho, em São José dos Campos

De acordo com a PM, pelo menos 13 acusados de tráfico de drogas estão entre os detidos

João Carlos de Faria, do Estado de S.Paulo,

23 de janeiro de 2012 | 08h11

Atualizado às 14:59

São Paulo, 23 - Trinta pessoas foram presas neste domingo, 22, e também na madrugada desta segunda-feira, 23, durante operação para reintegração de posse do acampamento Pinheirinho, na zona sul de São José  dos Campos, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, nove veículos foram incendiados.

Entre os presos, 10 pessoas ocupavam uma casa de família no bairro vizinho de Campo dos Alemães há três dias, entre elas um menor. Outros três estavam em duas residências, no mesmo bairro.

Segundo a Polícia Militar, todos são traficantes e confessaram à policia que migraram do Pinheirinho para o Campo dos Alemães. Foram apreendidas maconha e  cocaína.

Mais duas pessoas foram detidas quando tentavam jogar um coquetel molotov em um depósito de gás, também no Campo dos Alemães.

Além de nove veículos que foram incendiados durante o dia, entre eles o da TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, uma padaria, do vereador Robertinho da Padaria (PPS), também pegou fogo.

Alguns moradores, que não estavam em casa ontem durante a distribuição de senhas, já faziam filas na manhã de hoje para se cadastrar e receber um número que permite recolher os objetos pessoais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.