Polícia mata menos em confrontos com criminosos em SP

Número de suspeitos mortos em confronto com PMs em serviço teve queda de 30,3% em 2016; foram registradas 92 mortes

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

16 Abril 2016 | 21h51

O número de suspeitos mortos em confronto com PMs em serviço teve queda em 2016. A letalidade policial caiu 30,3% na soma de janeiro e fevereiro deste ano, comparado ao mesmo período de 2015 – foram registradas 92 mortes, ante 132 no ano anterior.

Para especialistas, a redução não está relacionada com o aumento de policiais assassinados. “Analiticamente, quanto mais agressivo é o policiamento, maior o risco dos dois lados”, afirma o cientista político Leandro Piquet. “Ficou mais difícil para o policial fazer uso excessivo da força após a resolução (SSP-40/15) que criou exigências quando há mortes em confronto”, diz o especialista em Segurança Pública José Vicente Filho


Mais conteúdo sobre:
PolíciaAssassinatos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.