Polícia investiga relação dos pais com acusada

A Polícia Civil espera ouvir os pais do menino João Bichara, de 6 anos, morto na segunda-feira, para esclarecer o relacionamento da família com a manicure Suzana do Carmo de Oliveira Figueiredo, presa em flagrante pela morte do garoto, e tentar estabelecer a motivação do crime. Os pais ainda não foram depor porque estão abalados.

O Estado de S.Paulo

28 Março 2013 | 02h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.