Polícia impede suposto sequestro de gerente de agência bancária

Vizinhos da vítima perceberam a movimentação dos criminosos e acionaram a PM, em Santo André; houve perseguição e ninguém foi preso

Bruno Lupion, do estadão.com.br

09 de junho de 2010 | 05h23

SÃO PAULO - A Polícia Militar frustrou uma suposta tentativa de sequestro de um gerente de agência bancária em Santo André, região metropolitana de São Paulo, após vizinhos perceberem a ação e ligarem para o 190.

 

Dois homens armados renderam o gerente por volta das 18h30, quando ele chegava em casa, na Rua Mamede Rocha, Vila Palmares, o levaram para dentro da residência e o fizeram refém, ao lado da mulher e suas duas filhas, segundo a polícia. A vítima trabalha em uma agência do banco HSBC no bairro Parque das Nações, na mesma cidade.

 

Vizinhos perceberam a movimentação dos criminosos e chamaram a polícia, que chegou ao local em cinco minutos. A dupla, porém, subiu no telhado da casa e conseguiu escapar pela rua dos fundos. Na fuga, um dos criminosos roubou um Vectra, abandonado em seguida na Avenida Prestes Maia, e o outro teria roubado uma S-10, ainda não localizada.

 

Os criminosos deixaram para trás uma bolsa, um colete à prova de balas, duas toucas ninjas e um silenciador. Nada foi roubado. A polícia suspeita que a dupla usaria o gerente para assaltar a agência bancária onde trabalha.

Tudo o que sabemos sobre:
SequestrobancoSanto André

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.