Polícia identifica suspeitos de assalto a banco na zona sul

Roubo ocorreu na manhã desta quinta-feira; ladrões renderam vigia com armas de brinquedo e depois trancaram todos os funcionários no banheiro

Luciano Bottini Filho - O Estado de S. Paulo ,

23 Maio 2013 | 22h52

A Polícia Civil identificou ao menos três suspeitos que participaram de um assalto à uma agência do Santander, na Avenida da Aclimação, na zona sul, na manhã desta quinta-feira, 22. Segundo o delegado Fábio Lopes, da 5ª Delegacia de Investigações Sobre Roubo a Bancos da capital, os ladrões renderam dois vigias depois de passar pelo detector de metais com uma arma de brinquedo. Em seguida, desligaram o sistema de segurança, entraram com armas de verdade e trancaram todos os funcionários da agência no banheiro.

Segundo a gerente do banco, que foi obrigada a abrir o cofre da agência, cinco criminosos -_quatro homens e uma mulher - entraram no estabelecimento, que fica no primeiro andar de um edifício comercial. Outros dois ladrões deram cobertura na área dos caixas eletrônicos. Segundo o depoimento da funcionária à polícia, eles pediram que ela mantivesse calma e agradeceram a sua cooperação na saída. A ação durou cerca de 40 minutos.

Os bandidos teriam saído do local a pé, mas testemunhas suspeitam que mais pessoas estivessem esperando a quadrilha do lado de fora, Os funcionários ficaram trancados no banheiro da agência com mãos amarradas, mas conseguiram escapar depois que um deles arrombou a porta.

A polícia não sabe informar o valor total levado pelos bandidos pois a tesoureira do banco teria passado mal com o ataque à agência e não calculou o prejuízo. Os representantes do Santander na delegacia não quiseram revelar a quantia roubada. 

Lopes disse que serão expedidos mandados de prisão contra os suspeitos identificados. Ele não revelou o nome dos acusados, mas afirmou que eles já estavam envolvidos em outros roubos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.