Reprodução
Reprodução

Polícia identifica quinto suspeito de participar de linchamento em Guarujá

Abel Vieira Batalha Júnior, de 18 anos, teria amarrado e jogado a dona de casa Fabiane Maria de Jesus no mangue; o jovem está foragido

Zuleide de Barros, Especial para O Estado

09 Maio 2014 | 19h56

GUARUJÁ - A Polícia de Guarujá identificou na noite desta sexta-feira, 9, o quinto suspeito de participar do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, morta depois de ser espancada por moradores de Morrinhos, no sábado passado. Trata-se do jovem Abel Vieira Batalha Júnior, de 18 anos, que teve a sua prisão temporária decretada. Conhecido como Pepê, Abel também mora na comunidade e está foragido.

De acordo com o delegado Luís Ricardo Lara Dias Júnior, que preside as investigações, Batalha Júnior é o rapaz que amarrou e jogou a dona de casa no mangue. Ele não tem passagens pela polícia. A família está ajudando os investigadores a localizá-lo, uma vez que fora da cadeia o jovem corre riscos de também ser linchado pela população.

A foto de Batalha Júnior já foi divulgada. Até esta sexta-feira, quatro suspeitos foram presos. Abel seria o quinto homem que teve participação no linchamento.

A missa de 7º dia da dona de casa será realizada na noite deste sábado, na igreja São João Batista, onde ela frequentava com seus familiares. Seus vizinhos e amigos também prometeram fazer uma manifestação de protesto na Praça Mário Covas, no domingo, a fim de pedir justiça para o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.