Serjão Carvalho/Estadão
Serjão Carvalho/Estadão

Polícia identifica corpo achado com pulseira do Tomorrowland

Domingos Correa Soares trabalhava para uma empresa que prestou serviços ao festival; perícia nesta segunda apura causas da morte

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

04 de maio de 2015 | 09h52

SOROCABA - A Polícia Civil identificou como sendo Domingos Correa Soares, de 37 anos, o homem encontrado morto em uma caçamba de lixo, na Vila Martins, em Itu, na tarde de domingo, 3. A vítima estava com uma pulseira do festival de música eletrônica Tomorrowland, realizado na cidade entre sexta-feira, 1º, e domingo.

De acordo com as informações iniciais, Soares trabalhava para a empresa Luke Films, que prestou serviços ao evento. O corpo passava por perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba nesta segunda-feira, 4, para identificar a causa da morte.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado a 11 quilômetros do local do evento durante o transbordo do conteúdo da caçamba para o caminhão de lixo. A vítima, que não apresentava ferimentos visíveis, estava enrolada em uma lona e foi avistada pelo funcionário no momento em que o lixo era compactado.

A Polícia Civil de Itu abriu inquérito para apurar a morte.

Tudo o que sabemos sobre:
TomorrowlandItuViolênciaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.