Polícia frustra assalto a bingo clandestino nos Jardins

Vinte clientes e três funcionários estavam amarrados e trancados em um cômodo

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

11 de agosto de 2010 | 07h11

Estabelecimento funcionava em área nobre da capital paulista

 

SÃO PAULO - A Polícia Militar foi mobilizada na madrugada desta quarta-feira, 11, para reprimir um assalto a residência com família mantida refém no Jardim Paulista, área nobre da capital, comunicado pelo 190. Ao chegar no local, contudo, os policiais se depararam com um bingo clandestino onde 20 clientes e três funcionários estavam amarrados e trancados em um cômodo.

 

Segundo testemunhas que jogavam no sobrado da Alameda Joaquim Eugênio de Lima, um homem armado com um revólver calibre 38 rendeu o segurança e liberou a entrada para dois comparsas, que passaram a recolher o dinheiro do caixa e pertences dos clientes.

 

O trio fugiu com duas mochilas - uma foi abandonada contendo R$ 9 mil, dois notebooks e cheques e a outra foi recuperada com Luciano Lopes de Lima, 33 anos, preso nas redondezas. Os outros dois criminosos conseguiram fugir. O bingo, com 44 máquinas, foi fechado pela polícia, e o caso registrado no 78º DP (Jardins).

Tudo o que sabemos sobre:
bingocrimeJardim Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.