Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Polícia fecha oficina de clonagem de veículos em Votorantim

PM descobriu a fraude quando atendia uma denúncia de excesso de barulho em um baile funk realizado no bairro Itapeva, na zona sul da cidade

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

16 Janeiro 2017 | 13h10

SOROCABA – Uma oficina de clonagem de veículos foi fechada pela Polícia Militar, neste domingo, 16, em Votorantim, no interior de São Paulo. No local, os policiais encontraram duas máquinas usadas para confeccionar placas e imprimir tarjetas para os veículos clonados.

O dono do imóvel e duas pessoas suspeitas de participar do esquema, entre elas uma mulher, foram presas. Centenas de placas, tarjetas e lacres foram apreendidos. 

A Polícia Militar descobriu a fraude quando atendia uma denúncia de excesso de barulho em um baile funk realizado no bairro Itapeva, na zona sul da cidade.  

Os policiais desconfiaram da origem de um carro de alto padrão e abordaram seus ocupantes. O veículo tinha sido furtado em Sorocaba e as placas eram clonadas.

No celular de um deles, havia imagens de placas falsificadas que eram oferecidas através do aplicativo WhatsApp. Na casa do suspeito, no bairro Altos de Votorantim, foi encontrada a oficina de clonagem.

As placas falsas tinham todas as características da oficial, incluindo a marca do órgão estadual de trânsito. Os fraudadores faziam placas iguais às de carros emplacados em outras cidades da região, principalmente Indaiatuba, para dificultar a identificação dos veículos e não despertar suspeitas.

A polícia vai fazer uma triagem dos carros furtados nessas cidades, na tentativa de identificar os veículos clonados em circulação. Os suspeitos foram autuados em flagrante e encaminhados para cadeias da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.