Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Polícia faz reintegração de posse em Artur Alvim

Famílias deixaram o conjunto habitacional na manhã desta quarta-feira; na terça, moradores ocuparam a Radial Leste em protesto

Renato Vieira, O Estado de S. Paulo

27 Novembro 2013 | 06h58

Atualizada às 11h55

SÃO PAULO - Cerca de 250 homens da Polícia Militar fizeram na manhã desta quarta-feira, 27, a reintegração de posse de um conjunto de prédios de Artur Alvim, na zona leste de São Paulo. Não houve confronto com os moradores, que deixaram os edifícios até as 11 horas, segundo a polícia. A SPTrans alterou o trajeto de cinco linhas que passam pelo local nesta quarta-feira.

Segundo a PM, a Caixa Econômica Federal, proprietária dos imóveis, providenciou caminhões e equipes para ajudar na mudança dos ocupantes. Ainda de acordo com a corporação, a maioria das famílias foi para residências de parentes na zona leste. Outros foram encaminhados para um galpão na região. Por volta de meio-dia, dez famílias estavam no local à espera do transporte.

Na manhã de terça-feira, 26, os ocupantes do conjunto habitacional fizeram um protesto contra a reintegração de posse. Por mais de duas horas, eles bloquearam os dois sentidos da Radial Leste, forçando motoristas de ônibus articulados a parar atravessados na via. Veículos que tentaram dar meia volta cruzando o canteiro central chegaram a ficar presos no desnível.

Mais conteúdo sobre:
reintegração radial leste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.