Polícia faz perícia no local da explosão em Santo André

Defesa Civil e prefeitura devem analisar a situação das casas que foram isoladas após a explosão da quinta

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

25 de setembro de 2009 | 09h36

Peritos fazem vistorias na área isolada após a explosão em Santo André. Foto: Paulo Liebert/AE

 

SÃO PAULO - A perícia no local onde uma explosão provocou a morte de duas pessoas em Santo André deve começar a ser feita na manhã desta sexta-feira, 25. Agentes da Polícia Técnica-Científica vão trabalhar junto com técnicos da Prefeitura e da Defesa Civil de Santo André.

 

Veja também:

mais imagens Galeria com fotos do acidente

mais imagens Foto mostra antes e depois da explosão

especialExplosão e tragédia - acidentes na última década

som Moradora de Santo André fala da explosão em loja

video Vídeo - Repórter fala da explosão em Santo André

especialTem relatos, fotos ou vídeos da tragédia? Mande para o Estadão no twitter

 

Duas pessoas morreram e 12 sofreram ferimentos leves na explosão, que destruiu um quarteirão na Vila Pires. Segundo o delegado-titular do 3º Distrito Policial de Santo André, Alberto José Mesquita Alves, além do trabalho da perícia, os técnicos da Defesa Civil de Santo André, no ABC, iniciarão uma avaliação das residências e estabelecimentos comerciais nas proximidades. Caso os imóveis vistoriados não apresentem riscos de desabamento, eles serão liberados para os moradores.

 

A explosão aconteceu às 12h32, e provocou um tremor que pôde ser sentido num raio de 1,5 km. Cem pessoas ficaram desalojadas. Os bombeiros encerraram a procura por vítimas às 20h30. Quatro residências foram destruídas e outras 30 tiveram vidros quebrados, portas arrancadas e rachaduras. A Defesa Civil bloqueou o acesso à rua, que ficou coberta de lama, por causa da chuva que caiu à tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.