Polícia faz acareação com suspeito de matar irmãs em Cunha-SP

Ananias dos Santos teria matado Josely Laurentino de Oliveira e Juliana Vânia de Oliveira em março deste ano com uma espingarda calibre 22

Solange Spigliatti, Solange Spigliatti

15 de abril de 2011 | 14h48

SÃO PAULO - A Polícia vai realizar na tarde desta sexta-feira, 15, acareação entre Ananias dos Santos, de 28 anos, assassino confesso de duas irmãs, mortes ocorridas na cidade de Cunha, no interior de São Paulo, no último dia 28 de março, e sua ex-namorada, a enfermeira Maria José S., de 50 anos.

 

Segundo a polícia, a acareação deverá ocorrer entre as 15 e 16 horas de hoje, na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Guaratinguetá.

 

Ananias é o principal suspeito de ter matado a tiros as irmãs Josely Laurentino de Oliveira, de 16 anos, e Juliana Vânia de Oliveira, de 15, na zona rural de Cunha. A suposta arma do crime, uma espingarda calibre 22, foi encontrada. Ele foi preso no começo da semana e durante o interrogatório teria confessado o crime, segundo a polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
cunhaspacareaçãoirmãsassassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.