NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Polícia encontra túnel de 2 km que ia para o Fórum da Barra Funda

Buraco foi encontrado durante investigação sobre tráfico de drogas; dois homens que faziam segurança da obra foram presos

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

12 Abril 2017 | 19h32

SÃO PAULO - A Polícia Civil encontrou nesta quarta-feira, 12, um túnel de dois quilômetros de extensão que ia de um comércio fechado na Rua Conselheiro Brotero, na Barra Funda, até o Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista. O local era iluminado e protegido por dois homens armados, que foram presos. A Polícia ainda investiga para que o túnel estava sendo construído.

O local foi descoberto por uma equipe do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), que fazia uma investigação que ainda está em andamento. Quando acharam o buraco, os policiais primeiro desconfiaram que havia criminosos que pudessem ter fugido pela tubulação. Bombeiros e agentes do Grupo Especial de Reação (GER), equipe tática da Polícia Civil, foram chamados para entrar no túnel, e acabaram descobrindo o Fórum como destino da obra.

Ao entrarem no túnel, os agentes confirmaram que a construção tinha como destino o Fórum, local que abriga as varas do Júri da capital, onde ocorrem julgamentos de natureza criminal e que abriga também gabinetes de promotores criminais do Ministério Público Estadual.

Os homens detidos fazendo a segurança do túnel foram encaminhados à sede do Denarc, no Bom Retiro, no centro, bairro vizinho à Barra Funda, para prestar depoimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.