Polícia encontra seis corpos na zona sul de São Paulo

Corpos estavam em terreno e moradores suspeitam que sejam de jovens que estavam desaparecidos desde o carnaval. Inquérito foi instaurado para apurar o caso

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2019 | 00h12
Atualizado 11 de março de 2019 | 00h50

SÃO PAULO - A polícia encontrou na tarde deste sábado, 9, seis corpos em um cemitério clandestino na zona sul de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, o chamado para ocorrência aconteceu às 13h54 e houve acionamento do Corpo de Bombeiros para participação na operação. As vítimas não foram identificadas, mas moradores da região suspeitam que se tratem de jovens que estavam desaparecidos desde o primeiro dia de carnaval, sábado, dia 2.

A ocorrência foi registrada no 47.º Distrito Policial (Capão Redondo) que, junto com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), deverá instaurar inquérito para investigar o caso. Segundo a PM, os corpos foram encontrados em estado de decomposição em um terreno na altura do número 168 na Avenida dos Funcionários Públicos, na região do Jardim Vera Cruz. 

Uma das vítimas identificadas é Weslley Rodrigues. Segundo parentes, ele havia saído de casa no sábado para ir na casa da tia. "Não sabemos o que houve, só recebemos a notícia hoje e fomos para o reconhecimento dos corpos e infelizmente o Weslley estava entre eles. Não sabemos o porquê, não sabemos...Ele saiu de casa no sábado, passou na casa da tia e disse que ia sair como sempre fazia e não retornou mais", disse um parente do jovem que pediu para não ser identificado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.