Polícia encontra casa de repouso clandestina na zona sul de São Paulo

No local, havia onze idosos que estão em estado terminal e de abandono

Julia Baptista, da Central de Notícias,

07 de junho de 2010 | 23h22

SÃO PAULO- A Polícia Militar encontrou na noite desta segunda-feira, 7, uma casa de repouso clandestina para idosos em Parelheiros, na zona sul de São Paulo. A casa, que abrigava onze idosos, funcionava sem nenhum tipo de documentação.

 

O irmão de uma inquilina acionou a polícia depois de ter se desentendido com a dona do local, a enfermeira Lúcia Aparecida de Freitas, de 35 anos. O homem disse à polícia que a enfermeira não permitia aos idosos a visita de familiares. O homem pretendia tirar a idosa do local, pois, segundo ele, ela não estava sendo alimentada direito.

 

Segundo a PM, os idosos estão em estado terminal e de abandono. Na casa, foram encontrados alimentos estragados e remédios guardados junto com veneno para rato. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estava no local para remover os idosos a hospitais. O caso será registrado no 25º DP.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.