Polícia divulga imagens de homicídio de delegado

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou ontem imagens da tentativa de roubo que se transformou no homicídio do delegado Euclides Batista de Souza, de 53 anos. Souza foi assassinado com dois tiros na noite de quarta-feira, quando chegava em casa em Itaquera, na zona leste de São Paulo.

O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2012 | 03h06

As gravações de câmeras de segurança mostram o delegado chegando em casa por volta das 23 horas. Primeiro, ele retirou dois cones da frente da residência e entrou com o carro. Em seguida, recolocou os cones. Quando terminava de fechar o portão, foi abordado por um criminoso, que atirou primeiro no olho da vítima e depois no peito, de cima para baixo. Souza então caiu sobre a própria arma.

Um comparsa do atirador voltou na metade do caminho. Os dois correram até um Gol preto, que estava parado na esquina e tinha cruzado com o Siena verde escuro do policial pouco antes. Souza chegou a ser levado por vizinhos para o Hospital Santa Marcelina, onde morreu.

O diretor do DHPP, Jorge Carrasco, afirmou ontem que os policiais trabalham com todas as hipóteses. "Não é ainda possível dizer se foi execução ou latrocínio. Estamos investigando. É questão de honra para o departamento a descoberta do autor", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.