Polícia detona mala em frente de sinagoga em SP

Gate foi chamado para verificar se havia bomba no pacote; mala estava vazia

Estadão.com.br,

19 de junho de 2012 | 14h13

Atualizado às 15h25.

SÃO PAULO - Uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) detonou uma mala, na região da Alameda Barros, entre as ruas Albuquerque Lins e São Vicente de Paula, no centro de São Paulo. 

A mala, deixada no local no fim da manhã desta segunda-feira, 19, estava em frente a uma sinagoga. A polícia afirma que o pacote estava vazio.

Por volta do meio-dia, a PM recebeu um chamado sobre uma suposta bomba no local e a área foi totalmente interditada. Duas quadras foram fechadas na região e os pedestres não puderam transitar pelo local. Os moradores de prédios da área foram impedidos de descer às ruas.

Tudo o que sabemos sobre:
Gateameaça de bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.