Polícia detém quatro suspeitos de impor toque de recolher em SP

São dois adultos e dois adolescentes, acusados de associação criminosa; os menores foram encaminhados para a Fundação Casa

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

26 de novembro de 2014 | 11h58

 SÃO PAULO - A Secretaria de Estado da Segurança Pública informou na manhã desta quarta-feira, 26, que quatro pessoas foram detidas pela Polícia Civil na noite de terça-feira enquanto ordenavam que comerciantes da zona norte de São Paulo fechassem suas portas, impondo o toque de recolher que ocorreu no mesmo horário em que ônibus e carro eram queimados por criminosos da região. 

Foram detidos dois adultos e dois adolescentes, todos homens, na região do Parque Novo Mundo, bairro próximo à Rodovia Presidente Dutra. Os adultos foram levados à 4.ª Delegacia Seccional de São Paulo, na zona norte, acusados de associação criminosa. Um deles pagou fiança e outro permanece preso em flagrante. Já os adolescentes foram encaminhados à Fundação Casa. 

A Polícia Civil informou também, por nota, que 12 pessoas que participaram do atentado contra um ônibus na Avenida Zaki Narchi, a cerca de 200 metros do Departamento Estadual de Investigação Criminal (Deic), o órgão de inteligência da polícia paulista, foram identificadas. "Sete maiores de idade seriam os mentores e cinco jovens teriam executado a ação", diz o texto. Agora, policiais trabalham para capturar os suspeitos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.