Divulgação
Divulgação

Polícia detém dupla suspeita de tentativa de assalto a humorista

Humorista Carioca foi abordado na última sexta-feira por três homens armados, um deles com um fuzil, em semáforo no Morumbi

O Estado de S. Paulo

14 Julho 2015 | 21h38

A Polícia Militar deteve nesta terça-feira, 14, dois suspeitos de tentar assaltar o humorista Márvio Lúcio, o Carioca, do programa "Pânico". Na última sexta-feira, 10, o humorista estava em seu carro blindado quando parou em um semáforo no Morumbi, na zona sul de São Paulo, e foi abordado por três homens armados, um deles com um fuzil. Lúcio conseguiu dar ré e fugir dos assaltantes. 

De acordo com nota enviada pela Secretaria do Estado de Segurança Pública (SSP), os policiais foram acionadas na tarde desta terça-feira por uma idosa que teve a bolsa roubada na avenida Giovanni Gronchi, no Morumbi.

Os policiais intensificaram o patrulhamento no local e viram os suspeitos saindo da comunidade do Colombo. Com os dois rapazes, um de 21 e outro de 16 anos, foi encontrada uma réplica de fuzil. A idosa reconheceu o maior de idade. 

Desabafo. Após sofrer a tentativa de assalto, Carioca deu entrevista ao programa "Morning Show", da rádio Jovem Pan, e disse que estava "em estado de choque". "Os caras meteram fuzil no meio da rua. Meteram fuzil na minha cara. Eu dei ré e escapei. A que ponto chegamos? Fuzil em São Paulo? Você tá de brincadeira", disse o humorista. 

Mais conteúdo sobre:
ViolênciaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.