Polícia desarticula quadrilha interestadual que roubava caminhões

Roubo em um Estado e adulteração em outro revelam nova tática de grupos especializados, diz delegado

17 Novembro 2012 | 11h46

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu na tarde de sexta-feira, 16, seis integrantes de uma quadrilha interestadual que roubava caminhões em São Paulo e os vendia em Minas Gerais. Os veículos eram adulterados no município mineiro de São Sebastião do Paraíso, na divisa dos dois Estados, o que, segundo a polícia, aponta uma nova forma de agir das quadrilhas especializadas.

"Estão perto de São Paulo, mas acreditavam estar seguros da ação policial paulista", disse o delegado Marcelo Bianchi, titular da 3ª Delegacia de Investigações sobre Desmanches Delituosos (Divecar), responsável pelo caso. Os criminosos são investigados há dois meses.

Todos os roubos aconteceram na cidade de São Paulo, principalmente nas marginais, e a base de operações em são Sebastião era usada para a remarcação dos números de identificação dos veículos. Três caminhões roubados foram apreendidos na operação realizada ontem, além de uma picape Ford F-1000, um Volkswagen Jetta e um Fiat Palio, carros que apresentavam sinais de alteração. 

Segundo o Bianchi , um mecânico de Campinas gerenciava o esquema. Os presos foram autuados por roubo, receptação e formação de quadrilha na delegacia de São Sebastião do Paraíso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.